30 novembro 2013

28 anos




















A felicidade é feita de pequenos e simples momentos, mas que dentro do nosso coração se tornam enormes! São momentos únicos. Momentos que se vão somando e solidificando cada vez mais a relação a dois... E a nossa, já conta com 28 anos (mais 1 e meio), de pequenos grandes momentos!
Fez hoje 28 anos que dissemos o sim e prometemos nos amar e respeitar e ficar juntos nos bons e nos maus momentos, na saúde e na doença... E assim tem sido!
A cada desafio que a vida nos coloca no caminho, ficamos mais fortes e mais unidos e assim será desta vez. Estamos aqui um para o outro, para o que der e vier, para continuar a sonhar juntos e fazer juras de amor como dois eternos namorados. 
O balanço é positivo e a vida é surpreendentemente deliciosa!
Obrigada vida por seres tão generosa e teres colocado este doce e grande amor no meu caminho!

05 novembro 2013

Lua Nova visionária!


Hoje, temos uma Lua Nova já fora dos poderes do Sol e em signo de Fogo (Sagitário), muito propicia a novas criações e realizações.

Foi no passado Domingo em Escorpião, que esta Lua iniciou um novo ciclo, momento de introspeção e revisão de assuntos pendentes e outras situações estagnadas ou mal resolvidas em nossas vidas. Foi um convite à renovação e a nos livramos de tudo aquilo que não faz mais sentido.

Agora, já livre dos raios do Sol e a crescer na sua luminosidade, ganha a força do signo de Sagitário onde se encontra presentemente. É tempo de recomeços. É tempo de dar lugar ao novo. Há que fazer crescer as ideias concebidas quando se encontrou com o seu par, o Sol. Há que aproveitar a energia entusiasta e otimista do signo do arqueiro para sair do ponto de arranque em direção ao sucesso!


Que sejamos todos uns visionários, mas uns visionários felizes e bem sucedidos!

03 novembro 2013

Rosas para uma Rosa

"Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que a fez tão importante."


Um ramo especial para uma pessoa especial...

28 outubro 2013

A Princesa "grão de ervilha"














"Certo príncipe, por mais que procurasse, não encontrava esposa adequada entre as muitas princesas do mundo. Porém, numa certa noite de tempestade, uma moça foi bater à porta do palácio para pedir abrigo. Disse que era filha de um rei. Em vista disso, a rainha-mãe quis preparar-lhe a cama com as suas próprias mãos e colocou debaixo dos vinte colchões e das vinte almofadas onde a princesa deveria deitar-se, um pequeno grão de ervilha.
Na manhã seguinte, a rainha-mãe entrou no aposento da jovem e perguntou-lhe como tinha passado a noite.

-Oh, Magestade! exclamou a princesa. Não consegui dormir a noite inteira, porque, na cama, havia alguma coisa dura que me incomodava horrivelmente.

Ao ouvir isto, a rainha-mãe abraçou a princesa, comovida e contente por ter, enfim, encontrado uma esposa digna do príncipe, seu filho. E, realmente, nenhuma outra princesa, por mais delicada e sensível que fosse, teria podido perceber aquele grãozinho de ervilha colocado debaixo de tantos colchões e almofadas. O casamento celebrou-se dias depois, com muitos festejos."

                                                                   A princesa e a Ervilha,
                                                                   Hans Christian Andersen


Bem, tenho que inspeccionar minuciosamente debaixo do meu colchão...Às tantas está lá a resposta para estas minhas prolongadas e inexplicáveis dores nas costas! ahahah

(dedicado à minha princesa "grão de ervilha" :) )

19 outubro 2013

Coimbra tem mais encanto...







Coimbra tem sempre mais encanto, a cada visita!
Estes dias passados em família, na emblemática cidade dos estudantes, deixaram um sabor a pouco. Como aquele chá com aroma a chocolate na Casa de Chá no Jardim da Sereia. Espaço bastante simpático e acolhedor que merece toda a atenção e apoio. Gerido em parceria pela associação Portuguesa de Pais e Amigos do Deficiente Mental e a Câmara Municipal tem como funcionários os próprios utentes da instituição. Outro momento que deixou a vontade de querer mais, foi a visita ao Zen Estetika, um oásis de tranquilidade e bem estar mesmo na baixa da cidade. Adorei o toque acetinado
com que a minha pele ficou depois daquela esfoliação e hidratação antes da massagem. 














































05 outubro 2013

A vida tem destas coisas...





Esterilizar...
Sim ou Não?
Entre vantagens e desvantagens o prato da balança pendeu para o lado do SIM e as minhas meninas de quatro patas, lá foram ambas de uma só vez fazer a cirurgia, em vésperas do Dia do Animal. Voltaram ao Lar doce Lar ainda entorpecidas pelo efeito da anestesia e lado a lado vivenciaram a experiência do recobro.




















Logo pela manhã, já bem despertas, foi tempo de fazerem o reconhecimento uma da outra. Não é todos os dias que acordam assim com um acessório destes à volta do pescoço! - Será uma nova moda? Ou ter-lhe-à crescido aquela coisa enquanto dormia? - pelo ar de admiração da Joaninha parece ser esse o pensamento.

Lá diz o velho ditado: "Em casa de ferreiro espeto de pau!" 
Sem observar antecipadamente os céus do momento e escolher o melhor, astrologicamente falando e de acordo com a disponibilidade do veterinário, resta-me agora esperar uma boa recuperação sem complicações. Com muita água oxigenada, betadine e miminhos, tudo se resolve! Assim espero...


06 setembro 2013

Rosemary - um sonho ou o meu pé de alecrim!


:)
Foi mesmo assim, de sorriso rasgado que despertei de um sonho. O meu inconsciente tem ideias muito interessantes e desta vez até que foi bem realista e nada de filmes do género "Alice no país das maravilhas"! 

Rosemary!
Uma ideia de negócio com uma linha de produtos muito meus...Fosse há 15 anos atrás e era um caso a pensar. Hoje a minha "onda" é outra. O nosso cérebro tem com cada ideia! Ás vezes até parece que ganha vida própria quando entramos em modo standby  :)

Rosemary, é o meu nome invertendo a ordem dos nomes próprios, mas também de uma planta que gosto muito. O alecrim!
É uma óptima planta para se ter no jardim, pelas suas propriedades, não apenas decorativas, medicinais e gastronómicas, mas também pela proteção que confere à casa e seus habitantes. Tem muito boas energias. Neutraliza as energias negativas do olho gordo (inveja), atrai bons sentimentos e a alegria de viver. Pode usar-se um raminho debaixo do travesseiro para afastar os sonhos maus. Fervida e o liquido resultante misturado à água para lavar o chão, é uma boa forma de limpeza energética da casa. 

Um raminho de alecrim, juntamente com louro, fazem parte do meu amuleto de proteção na entrada de casa! ;)



Da maga para vós, uma mão cheia de boas energias! 


26 junho 2013

Refém de um provador de loja!























Ontem entrei numa daquelas lojas de marca, onde evito sempre entrar, não só pelo preço (puxadote!) mas também porque sofro da síndrome de "não me colem, deixem-me ver e mexer à minha vontade!". Não sei se por conta de alguma configuração astral a negativizar-me, se por uns parceiros de compras muito empolgados, ou se de um funcionário demasiado solicito, o certo é que estive à beira de um ataque de nervos! Maldita a hora em que tive a brilhante ideia de me enfiar naquele provador sugador de energias. O que se previa vir a ser um agradável final de tarde a três, a tagarelar e a gastar uns dinheiritos (poucos!) ia acabando em tragédia.

Verdade, verdadinha, é que eu tenho alergia a provadores de roupas!
É o calor! Desconfio que S. Pedro está com problemas de memória. Primeiro esqueceu-se das torneiras abertas e agora foi do forno ligado. É o sufoco daquele espaço reduzido e onde uma pessoa nem se pode mexer que começa logo às cabeçadas e cotoveladas. É o vestir e despir e volta a vestir e despe...e veste...e...até me fala o ar! É o tecido que ora pica aqui, ora aperta ali... E aquele espelho maldito com a mania de: - " e quem é a mais balofa do pedaço?!"

E depois de ao fim de umas 2 horas (tanto???), enfiada ali dentro a vestir e despir calças um ou dois tamanhos acima e que a filhota achava que me iam servir que nem uma luva. De um vendedor a andar num corrupio a querer agradar àqueles potenciais clientes, (pudera!). E de um marido que já nem coragem tinha para se aproximar... Aqui a problemática, num acto de revolta disse basta! Chega! E, ainda mal ia a abrir a portinhola, já lá tinha uma mão estendida com mais 2 ou 3 pares de calças e com um: - "senhora, destas vai gostar de certeza!"
E volto a enfiar-me lá dentro. (Desconfio que aquele provador tinha qualquer coisa que me puxava lá para dentro e não me deixava sair dali!) E volta a tirar a roupa e a enfiar mais umas calças... Não!!!??? Desta vez é que me ia dando uma coisinha má. Três tamanhos acima e com aquelas abas para esconder as gordurinhas que se infiltram nos flancos?! What??!!

Bem, eles devem ter mesmo achado que eu era um caso perdido, porque meteram o rabinho entre as pernas e desapareceram dali em direção à caixa...

Vinte minutos depois... (precisei de tempo para digerir aquilo tudo, é claro!)
Finalmente livre das garras daquele provador tirano, lá saí eu, quase de rastos, desgrenhada e agarrada às primeiras calças e únicas que tive o direito de escolher por mim própria, como se de uma tábua de salvação se tratasse.
Com a cara com que me olharam, deviam achar que eu era um ET. Só pode!













20 maio 2013

O namoro entre a Lua e Mercúrio





















Com a Lua acabadinha de entrar no Signo Balança (pelo menos para Portugal ou países com o relógio a marcar a mesma hora que no país dos Lusitanos) e de boas relações com o jovial Mercúrio, o momento é muito bom para tudo aquilo que queiramos que flua e que culmine em resultados positivos. Esta relação planetária estimula a aprendizagem e percepção das coisas. Como o namoro entre eles vai de vento em popa, que é como quem diz, em signos de AR, a comunicação está favorecida. Prevê-se muito blablabla neste final de tarde e serão que se avizinha. Há que aproveitar para pôr a conversa em dia, conviver, namorar um pouco (claro, porque o namoro também se faz de alguma conversa fiada e não só de beijos e abraços!). A leitura e a escrita também contam! 

Da minha parte, acho que vou aproveitar para visitar os blogs vizinhos e pôr a leitura em dia, coisa que há muito não faço porque o tempo não é elástico. 

17 maio 2013

O meu atelier de artes esotéricas




























É com carinho que manuseio cada um destes objectos que me rodeiam, neste meu espaço que considero sagrado! Os meus livros de astrologia e tarot que me têm acompanhado ao longo dos anos numa busca incessante pelo conhecimento... O baú (um legado da Deusa da Lua :) ), onde guardo os paus de incenso que vou queimando para aromatizar o ambiente. O Buda, (ganho após negociação com a princesa mais nova) para proteger com as suas boas energias todos aqueles que aqui entram. Ao lado de Buda, os quatro elementos, Água, Fogo, Terra e Ar , forças ou princípios essenciais à vida.  Aqui estão representados no copo com água, na pedra, na vela e no incenso. O meu oráculo, as minhas cartas de tarot, impregnadas das minhas energias!
Mesmo tendo aprendido a calcular os mapas astrológicos à mão, um programa de astrologia é essencial e poupa muitas horas, dias...Por isso e como não podia deixar de ser, o meu portátil, ferramenta de trabalho que tem lugar central na mesa de trabalho. É com ele que me comunico com o Mundo, com vocês!

Para consultas consultar aqui.

05 maio 2013

Há dias felizes...























Há dias na vida de uma pessoa, em que não existem gripes ou dores nas costas que consigam apagar um sorriso do rosto e muito menos do coração. Hoje é um deles!
Tive a sorte de nascer na primeira semana de Maio, o que equivale a que, sendo eu portuguesa, de anos em anos celebre o aniversário juntamente com o dia da mãe. É o chamado dois em um!
Já aqui escrevi que a minha estação do ano preferida é a Primavera? Pois é, e não é em vão... Obrigada às flores humanas da minha vida por fazerem parte dela...Obrigada pela flores reais, virtuais ou até em coisinhas lindas e delicadas para a casa com que me presentearam no dia de hoje!
Obrigada, boyfriend da princesa mais nova pela orquídea que hoje embeleza aqui o cantinho!  :)



04 maio 2013

De onde vos escrevo





















É aqui que me sento para vos escrever ou simplesmente para divagar quando as ideias teimam em andar às voltas mas não querem traduzir-se em palavras. Tem dias (como hoje!) que sou Peixes... Divago, divago e escrita nem vê-la! Tenho que apelar fortemente ao meu "Chaturno" para pôr ordem na casa, que é como quem diz, na minha pessoa!
Tudo isto para vos mostrar o meu cantinho de trabalho!
Depois de uma troca com o marido, mudei de malas e bagagens para esta salinha, bem mais acolhedora, por sinal. Perdi em espaço, ganhei noutras coisas. Aqui sinto boas energias. Aqui, encontrei-me!
É a esta mesa que me sento para escrever nos blog's, páginas de facebook, ver e-mails, analisar mapas astrais, ou fazer as minhas previsões de tarot. Ainda faltam alguns detalhes decorativos, mas tudo a seu tempo. Vai-se compondo.

É aqui a baiuca da maga, o cantinho da aprendiz de feiticeiro! ;)

28 março 2013

A deusa que habita em mim!








Já é sabido que gosto imenso de lendas, as Celtas então, ocupam um lugar especial no meu imaginário. Por vezes sou Morgana Le fay, a sacerdotisa, vigiando o caldeirão onde são preparadas as poções mágicas, ou percorrendo Avalon por entre as brumas, de cabelos soltos e saias pelos tornozelos. Outras vezes, sou uma simples mulher celta de cabelos entrançados, dançando em torno de uma fogueira para celebrar a mudança do Sol ou agradecer as boas colheitas. Noutras ainda, solitariamente percorro os bosques sagrados em busca de plantas mágicas com que preparo as minhas mezinhas. Em todas, sou um ser livre como um pássaro em pleno voo, vivendo em comunhão com a natureza. Sou o sagrado feminino que transporta para esta vida a deusa que habita em mim!

22 março 2013

Missão (quase) impossível!




Quem me manda a mim, meter-me em tarefas quase impossíveis, autênticos bicos de obra?! Para uma taurina com Saturno em cima do ascendente a palavra "desistir" não faz parte do vocabulário e o resultado está à vista... Umas unhas partidas...uns dedos espetados e a sangrar...
Caaaaaaaaaaaaalma! Tudo se faz, não stresses. -diz o meu ascendente Peixes!
E eu, obediente, lá vim relaxar e desanuviar as ideias!
Como não tenho varinha de condão que, num passo de mágica e uns pozinhos de perlimpimpim, deixa tudo pronto e perfeitinho, lá terei de voltar ao meu quase... calvário... Vocês, queridos leitores não leram isto, certo?!





21 março 2013

Dia Mundial da Poesia



Aqui fica o meu presente para todos aqueles que têm a poesia em si!
Um belo arco-íris visto e captado da minha varanda... Aliás, não um mas dois! Porque na natureza vem tudo aos pares. Se na outra ponta tinha um pote de ouro, não vi, mas que estava carregado de boas energias lá isso estava. :-)


Para quem tem o dom da palavra e gosta de escrevinhar umas letras, para aqueles que fazem das palavras pontes, ou simplesmente para os que ficam numa atitude de receptores,  partilho um poema de Luís Fernando Veríssimo, 

"A invenção do "O"

Na era da pedra lascada
da língua falada
antes de inventarem a letra
que imitava a lua
as palavras diziam nada
e nada levava a nada
(aliás, nem precisava rua).
A frase ficava estática
de maneira majestática
a grandes falas presumíveis
permaneciam indizíveis
- imagens invisíveis
a distâncias invencíveis.
Vivia-se em cavernas mentais
numa inércia dramática.
Ir e vir, nem pensar
ninguém mudava de lugar
que dirá de sintática.
Aí inventaram o "O"
e foi algo portentoso.
Assombroso, maravilhoso.
Tudo começou a rolar
e a se movimentar.
O Homem ganhou "horizontes"
e palavras viraram pontes
e hoje existe a convicção
que sem a sua invenção
não haveria Civilização.
Um dia, como o raio inaugural
sobre aquela célula do pantanal
que deu vida a tudo,
veio o acento agudo.
E o homem pôde cantar vitória.
E começou a história.
(Depois ficamos retóricos
e até um pouco gongóricos)."






20 março 2013

Novo Ano Astrológico



Finalmente a Primavera deu ares da sua graça e com ela trouxe o tão desejado Sol. Um pouco fraquito é certo, mas já deu para melhorar o astral. É sabido que as cores têm influência no estado de espírito e tanto cinzento já  chateava!

Para quem não sabe, a astrologia para além de ter ligação com os céus, também o tem com a natureza terrestre e a divisão dos signos baseia-se nas estações do ano. 

Hoje, 20 de Março, iniciou-se um novo ano astrológico com o Sol a entrar no grau zero de Carneiro. Este é o primeiro signo do Zodíaco e como tal, é pioneiro em tudo. Simboliza inícios e tal como a Primavera é gerador de vida. É a seiva vital que corre nas veias e nos campos, pronta a explodir em novas formas para fazer extinguir a aridez do Inverno. É assim até que o novo ciclo se complete e dê lugar a outro, e a mais outro...Tal como a natureza, a Astrologia é cíclica.

Convenhamos, que estou a falar do hemisfério norte, aquele em que habito. O hemisfério Sul é espelho deste. Aliás, são espelho um do outro!

Vamos ver se apanho o balanço do novo ciclo e com a energia de Carneiro, dou outro andamento ao cantinho da Aprendiza! ;) 

11 fevereiro 2013

A minha criança interior




Ontem despi a capa de feiticeira para envergar o capuchinho vermelho. Como a tradição já não é o que era, não houve avozinha (infelizmente as minhas já não se encontram neste plano), o caçador foi despedido porque não tem nada que andar a matar os animaizinhos na floresta e o lobo mau deu lugar ao meu índio do coração. Bem, diria que é assim um índio a puxar para o rockeiro...  :)

Os tempos mudam, mudam as tradições, mas uma coisa não muda! A minha criança interior!
Ela continua brincalhona, a gostar de folia e de uma boa história dos contos de fadas, de duendes e de bruxas.
E eu gosto de lhe satisfazer a vontade. ;)

E já que S. Valentim este ano por pouco vinha brincar também ao Carnaval, desejo a todos os meus leitores muito amor, muitas surpresas boas ...ah! e muitas brincadeiras. O Carnaval ainda não acabou! ;)

Divirtam-se!

15 janeiro 2013

Gwydion, o Mago

               



Deus gaulês das mudanças, da magia, da cura e das ilusões e tem como símbolo um cavalo branco.
Como guerreiro, foi muito temido porque fazia uso da magia para enganar os seus inimigos.
No entanto, ele foi um mestre civilizador. Diz-se que foi ele quem descobriu o alfabeto ogamico, uma língua Celta antiga, de 20 letras em que cada uma estava associada a uma árvore. Este alfabeto era usado por alguns magos celtas.
Ele era também um grande contador de histórias e difusor das artes. Talvez por isso, seja o regente da poesia e da música.

Ele foi o Deus escolhido para ilustrar a carta de tarot "O Mago" por Anna-Marie Ferguson, no baralho "The Llewellyn Tarot".
Considero-as ilustrações lindíssimas e são estas cartas que uso na minha nova rubrica "A Carta do Dia" na minha página do Facebook com o mesmo nome do Blog. Para verem, basta entrarem na aplicação que tem ali na coluna da direita. Se gostarem, convido-vos a seguirem as minhas publicações na dita página, clicando no "GOSTO" que se encontra no cimo da mesma.

Escolhi o Mago por ser  aquele que inicia o baralho, é a carta com o número UM, e porque é o Arcano que melhor representa aquilo que eu sou! Uma aprendiz de feiticeiro com pretensões a Maga...

No entanto, os meus instrumentos são as cartas e o computador, a inspiração vou buscá-la aos planetas e estrelas e os ingredientes mágicos são as palavras e o amor!!