27 fevereiro 2011

Novidade! Programa de astrologia no blogue!!



Este não é um fenómeno do Entroncamento, mas  daqui mesmo do meu quintal!!

Num ano a laranjeira fica carregadissima com frutos de tamanho normal, no ano seguinte dá meia dúzia mas enormes. E isto alternadamente há já alguns anos!

Não resisti a fotografar esta!
Ao lado, uma maçã de tamanho médio, para servir de comparação!!






Não é fenómeno, mas que não deixa de ser uma boa novidade, é a nova funcionalidade existente no Blogue!!

Ao fundo da página, tem um programa de astrologia!

É simples, mas sempre dá para ver o Céu Astral do momento!! Na barra do canto direito superior escreva o nome  da cidade e país onde se encontra e fica a saber por onde andam os planetas!
Se tem curiosidade em ver como é o seu mapa natal, substitua a data e hora actuais pelos dados de nascimento e na outra barra, o local e terá o desenho correspondente!

Divirta-se!!


(Obrigado Hollis!!  ;-)  )

20 fevereiro 2011

Deusa do Silêncio!!

Hoje, dia 20 de Fevereiro, 2º dia do Sol no Signo de Peixes é o dia consagrado à deusa Lara (ou Tácita) pelos antigos Romanos.

Conta a lenda que esta era uma ninfa do Almo (ribeira que desagua no rio Tibre em Itália) e muito famosa tanto pela sua beleza quanto pela loquacidade.

Incapaz de guardar segredos, um dia viu-se em apuros por desafiar as ordens do grande Deus Júpiter, que lhe tinha pedido a ela e ás outras ninfas da ribeira ajuda e descrição para raptar a ninfa Juturna por quem estava apaixonado. Lara foi contar tudo a Juno, esposa do deus e este, irritado arrancou-lhe a língua e ordenou a Mercúrio, o mensageiro, que a levasse até Averno, a entrada do mundo infernal e reino de Plutão!

Mercúrio fascinado com a sua beleza, apaixonou-se e pelo caminho fez amor com ela. Nasceram duas crianças, conhecidas como Lares, deuses invisíveis e guardiões  dos lares.

Era venerada pelos Romanos como a Deusa do silêncio, da maledicência e ao mesmo tempo uma das divindades do silêncio eterno (a morte).Também era considerada como a Guardiã dos segredos e juramentos e protegia os viajantes.

Esta deusa do silêncio, é invocada quando se quer combater os ruídos inúteis e o barulho excessivo!

Protege contra o poder negativo da Inveja e das palavras maliciosas!!


14 fevereiro 2011

S. Valentim

Hoje é dia de S.Valentim!!

E quem foi S. Valentim?
Alguém sabe?
A igreja Católica reconhece três santos com o nome de Valentim, mas o que deu origem a este dia (dia dos namorados), pensa-se ter vivido no Séc. III em Roma.

O Imperador Cláudio II queria constituir um exército grande e forte, e para isso, proibiu o casamento dos jovens rapazes. Não era fácil convencer os homens a abandonarem as mulheres e família para partirem para a guerra, por isso, esta foi a solução que ele encontrou.

Havia um padre, de nome Valentim, que não cumpriu essa ordem e em segredo lá foi casando os jovens casais!
Quando foi descoberto, foi preso e decapitado precisamente a 14 de Fevereiro!!

Existem outras variantes para esta lenda, com mais ou menos pormenores.
Também há quem diga que este dia se deve ao inicio da época de acasalamento das aves!!

Bom dia de S. Valentim para todos!

13 fevereiro 2011

Actividades no Espaço Baiuca da Maga

                                            1º nível de Reiki no sistema Usui Shiki Ryoho
                                                                (Tradicional Tibetano)
                                                        com a Mestre Cidália Godinho,

                                                         27 Fevereiro 2011 (Domingo)

A terapia Reiki equilibra as energias do corpo e reforça a energia vital, captando-a e utilizando-a em nós próprios e nos outros, de uma forma tranquila e serena, ajudando a melhorar e a manter a nossa energia física, emocional e mental. Através da aposição das mãos, todos nós podemos aprender Reiki de uma forma muito simples e rápida. 
Entrar no mundo do Reiki, é começar a viver uma aventura apaixonante com constantes (re)descobertas, sensações e sentimentos.

               Vamos celebrar a (re)descoberta de quem somos na nossa verdadeira essência.....


                                                                 Recomendações:
                                  - roupa confortável (clara, preferencialmente);
                                  - meias quentinhas, manta e almofada;
                                 - corpo físico bem descansado(após refeição ligeira e boa noite de sono);
                                  - espírito e coração abertos para celebrar;
                                  - e claro com um sorriso para partilhar.....



                                                           Aulas de Yoga Integral
                                                   com a professora Diana Araújo

                                                       Todas as Segundas e Terças
                                                          (duração de 1 hora por aula)
                                                   
                                                        Experimente uma aula sem compromisso!


" O Yoga é uma ciência, uma arte e uma filosofia de vida psicofísica-espiritual que integra estes três planos da existência do ser humano entre si e o indivíduo com o Universo, o Supremo, Deus ou o Todo, mediante o Samadhi ou estado de plenitude existencial, de felicidade, de sorte."
- SW. Maitreyananda


                                                


11 fevereiro 2011

Yoga na mitologia...


Conta a lenda, que um pescador  de nome Matsyendra, certo dia ao apanhar um peixe enorme caiu e foi engolido por ele. 
Protegeu-o o seu bom karma, indo assim parar intacto e de boa saúde ao interior do enorme estômago do peixe.   

Por essa época estava Shiva a transmitir à sua divina esposa , Parvati, umas certas doutrinas secretas que até então não revelara a mais ninguém e para que não fosse ouvido, os ensinamentos eram feitos no seu esconderijo subaquático. 

Porém, muitos peixes foram atraídos para o local pela luminosidade que dali emanava e entre eles o tal peixe que engolira o pescador. Desta forma, este pode ouvir, sem que dessem por ele, as instruções secretas do deus. A certa altura a deusa adormeceu e quando Shiva perguntou: “Estás a ouvir?” um sonoro "Sim" ouviu-se de dentro da barriga do peixe. Surpreendido, Shiva fazendo uso do seu terceiro olho, conseguiu vê-lo.

Alegrou-se imenso com a descoberta e disse: - "Agora vejo quem é o meu verdadeiro discípulo!"

Matsyendra passou os 12 anos seguintes, ainda dentro da barriga do peixe, a praticar o que lhe tinha sido ensinado pelo grande Deus e findos os quais saiu de lá, já como um mestre. Matsyendra obteve o merecimento de ser iniciado pelo próprio Adinatha (Shiva) com o título de “natha” (senhor “do” si mesmo).


Noutra versão da lenda, Matsyendra era um peixe, e ao ouvir os ensinamentos de Shiva a Parvati, ficou tão deslumbrado que saltou para fora de água. Shiva ficou impressionado com a reacção do peixe e transformou-o em humano. Matsyendra tornou-se um grande sábio e mestre do Yoga e passou a transmitir os seus preciosos conhecimentos.

Matsyendra significa o senhor dos peixes!!

Esta lenda tem uma certa afinidade com a “história” da criação e evolução das espécies…
O peixe simboliza a forma de vida primordial no planeta , que foi evoluindo para outras formas, primeiro saindo da água, depois adaptando-se à vida terrestre , até que se transformou em homem. Este, o homem, por sua vez, através da prática do Yoga evolui até ao nível do iluminado.


Na tradição hindu, Shiva é o destruidor, que destrói para construir algo novo, motivo pelo qual muitos o chamam de "renovador" ou "transformador". As primeiras representações surgiram no período Neolítico, por volta de 4000 anos a.c., na forma de Pashupati, o "Senhor dos Animais". Yoga é uma prática que produz transformação física, mental e emocional, portanto, intimamente ligada à transformação, e por isso faz todo o sentido que a sua descoberta lhe seja atribuída.


A história do yoga perde-se no tempo, e a sua raiz vem do sânscrito (yuj) que significa unir, juntar.

Neste sentido o yoga aspira :
1-     
  • À união consigo mesmo
  • À união com os outros
  • À união com o absoluto

Esta é uma filosofia de vida que não serve apenas para manter a forma física, ou acalmar os nervos, mas é também uma forma de auto-conhecimento que pode levar o ser humano à sua plena realização.

Para liberar a energia, as técnicas do Yoga procuram uma desintoxicação do organismo através de:
  •  asanas (posições);
  • pranayama (exercícios respiratórios);
  • mantras (vocalizações);
  • bandhas (contrações de plexos e glândulas);
  •  mudras (gestos);
  • shavasana (relaxamento) 


Namasté!