25 janeiro 2011

Ausência!

 Já lá diz o velho ditado:

"Não há mal que sempre dure nem bem que não se acabe."

Ah pois é!!

Estas férias souberam a pouco! Há uns cinco anos que não ia até a Ilha da Madeira e estes dez dias passados a rever pessoas e lugares passaram-se a correr.

Nestes últimos anos o marido tem lá ido mais em trabalho do que passeio e eu acabei sempre por preferir ficar por cá. 

Este ano resolvi ir (as passagens baratas já nem justificam ficar em casa ) e valeu a pena! Entre trabalho e lazer deu para passar muitos bons momentos.

Demos a volta à ilha, mas ainda ficaram alguns lugares por visitar, como foi o caso do Ribeiro Frio (lado norte da Ilha), ou do Pico do Areeiro. Este último, também não é esta a melhor altura do ano para o fazermos.  Já lá estive no verão e o local é lindíssimo, com as nuvens ao nosso nível.
   


Interessante ver como a ilha é formada por micro-climas e se nuns lugares está a cair neve (montanhas), noutros anda-se de manga curta! Pelo meio tem as situações intermédias. 

Apanhamos os dois últimos dias de chuva, mas sempre com uma temperatura amena e foi até um choque quando saímos no aeroporto em Lisboa.

Quanto a esta zona onde resido, nem se fala! Está um frio de gelar até os ossos!!


Estou de volta e com energia renovada para dinamizar mais este meu e vosso cantinho!!

Espero por vocês!
A porta está sempre aberta para vos receber!!
(e mesmo que não esteja, como é um local mágico, entram na mesma) ;-)

7 comentários:

Fernanda disse...

A primeira e única vez que fui à Madeira, foi há...15 anos?! Deve ter sido por ai.Raramente fico com vontade de voltar a um sítio, país ou cidade que já visitei, aliás há somente duas excepções: Florença e Holanda. Quero re-visitar.
De qualquer foram, férias sabem sempre bem!

Beijinhos, Rosa.

Rosa Araújo disse...

Tb prefiro visitar locais diferentes, mas neste caso é excepção...O meu marido é madeirense e tem lá muitos familiares. Mesmo assim, nem sempre o acompanho quando ele viaja até lá...

Um local que nunca fui, mas gostava, é Paris! Fui a Cannes num fim de ano e gostei. Não me imagino a morar em lado nenhum senão onde estou, mas quando lá fui pensei que era capaz de viver ali (foi o único sitio, até hoje, onde senti isso...)
Beijos

Fernanda disse...

Sim, então a Madeira é um caso especial.

Que coincidência, pois eu tb tenho uma "coisa" pela Provence, adoro, e gostaria muito de viver lá.
Quando só falei na Holanda e Florença, e nem mencionei a França,foi só por saber que vou lá quase todos os anos. Assim como a Alemanha, é um pais onde sei que voltarei, ainda não conheço Berlin.
Sabe que Paris me decepcionou um pouco? Acontece, Rosa, quando as opiniões são tão avassaladoras sobre o tal sítio, que na nossa fasquia fica muito alta e depois...puf! Pelo menos a mim acontece-me!
Mas espero que vá a Paris, vale a pena.

Beijinhos

Rosa Araújo disse...

Provavelmente ficarei decepcionada, eu que não vivo sem as cores e pelo que sei Paris é cinzento. Mas o que fazer?! É quase uma ideia fixa que tenho... :) (se calhar já vivi lá noutra vida) ;)

beijinhos

Fernanda disse...

Como a compreendo...sobre isso de talvez ter vivido lá nalguma vida!

Bom fim de semana.
Bjos

Vy disse...

Cara feiticeira: eis que deixo minha vassoura pendurada atrás da porta e cá no Brasil, quero repousar nesses dias horríveis de folia carnavalesca.
Está caindo uma chuvinha fina e maravilhosa embelezando as flores do meu jardim. Me sento em minha poltrona preferida e começo a tecer um echarpe de lã lilás para minha filha usar no inverno. Como hoje está sobrando tempo, vim passear nos blogs vizinhos. Estou irremediavelmente apaixonada por esses chalés! Ah... que sonho... eu moraria sim num lugar desses. Meu sonho é ter um bordado feito na Ilha da Madeira, cá no Brasil é uma relíquia quem tem um. Se um dia puder viajar, esse lugar estará no roteiro e sem dúvida trarei o bordado! Caso interesse ver, pode visitar o meu flickr e conhecer um pouquinho do meu trabalho de artesã. Acho que vai gostar! flickr.com/photos/atelieninadolls
Em beijo no coração! Vy

Rosa Araújo disse...

Olá Vy,

No meu caso, não pendurei a vassoura...porque precisei dela para voar até uns bailaricos! :)
Sempre gostei do Carnaval, de me fantasiar e ir para a folia... :)))
Nunca fui ao Brasil, mas gostava de ver (viver) de perto o Carnaval daí...

Tentei entrar no link que me passou, mas não consegui :(

Bjs