31 outubro 2009

Halloween



Presume-se que o Halloween esteja relacionado com as tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha muitos séculos antes de Cristo, os Celtas. Era a sua 4ª e última festa anual e marcava o fim de um ciclo e o começo de outro, a passagem para o novo ano. Marcava o fim do verão e inicio do Inverno e tinha forte associação com a morte por ser uma época em que toda a natureza parece morrer.

Inicialmente era uma festa pagã, que acabou por se misturar com rituais cristãos aquando das conquistas romanas. Com os anos foi sofrendo alterações e várias comemorações acabam por se juntar, misturar e até confundir…

Halloween, dias de todos os Santos, dia de Finados ou dos mortos, dia das Bruxas … pagã, ou cristã, com influência hollywoodesca ou comercial, o que importa mesmo é que aproveitemos o que os nossos antepassados nos deixaram de herança para tornarmos esta nossa breve passagem pela terra mais rica e cheia de lembranças inesquecíveis…

No ano passado, na minha casa, vivia-se a noite das bruxas como tema para uma festa surpresa do aniversário da minha mãe. Nesse dia ainda estávamos todos, hoje um de nós já se encontra no mundo dos espíritos…

Sempre gostei de me mascarar, de brincar fantasiada…e nesta festa pude dar asas à imaginação vestida de bruxa anfitriã. Entre poções mágicas (receitas), e panelas que se transformaram em caldeirão, estava eu, a eterna aprendiz de feiticeiro, cozinheira de afectos e recordações…
Da decoração encarregou-se a minha bruxinha mais velha, que adora organizar festas e esta bem especial por ser para a avó e que prometia muitas emoções.
Não faltaram os doces, o bolo de aniversário com decoração de aranha, as maçãs vermelhinhas (mas não envenenadas, porque aqui a bruxa é do bem), a abóbora que se encheu com a sangria feita pela minha irmã…e muito, muito mais!

Hoje, sou apenas uma bruxa à paisana :)) no meu pijama de ursinhos em frente ao PC, a escrever um texto de ultima hora porque o dia foi curto e o gastei todo a conviver com aqueles que mais gosto…a minha família!

Bons festejos para todos ;)

25 outubro 2009

Escorpião!



Já que estamos sob as energias de Escorpião, porque não falar dele?!

Intensidade é a sua palavra-chave!

Signo feminino, do elemento Água, temperamento Fleumático e modo Fixo.
Actualmente atribui-se a sua regência a Plutão, mas na antiguidade (quando ainda não eram conhecidos os planetas modernos ou trans-saturninos) era regido por Marte, tal como Carneiro.
Menos impulsivo que Carneiro, a sua acção é toda mais emocional. Enquanto o primeiro é mais brusco e expansivo, Escorpião baseia a sua acção sobretudo na segurança e controlo emocional, tornando-se mais reservado e desconfiado. No entanto, ambos funcionam com a energia de Marte, o maléfico menor, senhor da guerra e do fogo.
Por ser um signo Fixo, as suas acções duram mais tempo. Dos signos de água é o mais estável e perseverante.

É o signo onde Vénus está em Exílio e a Lua em Queda e estes posicionamentos (Deve-se ver o mapa sempre no seu todo!) podem dar muita desconfiança, ciúmes, comportamentos vingativos e passionais. É um signo de emoções intensas e profundas.

Escorpião, nas partes do corpo, está associado aos genitais. É um tipo de associação mais usado em astrologia médica, e que serve para determinar os locais do corpo em que a pessoa está mais sujeita a enfermidades. Também ajuda a encontrar marcas e sinais.
Quanto ao aspecto fisico, descreve um individuo forte e robusto, talvez um pouco atarracado, de cabelo escuro e rosto largo. O olhar escorpiónico é muito característico. É intenso e magnético. É preciso ter em conta que é o ascendente que determina o aspecto fisico e este sofre a influência de outros factores (como é o caso de planetas na casa I ou que aspectam o ascendente).

02 outubro 2009

Mal-me-quer, Bem-me-quer

Inspirada nas margaridas da Zininha, resolvi escrever este artigo e para ilustrar usar uma foto de há duas dúzias de anos atrás do meu álbum de família...
Quando tinha os meus 14/15 anos, apoderei-me de um pedaço de terra lá na quinta onde vivíamos e dediquei-me de corpo e alma ao seu arranjo. Todos os dias depois das aulas ocupava parte do meu tempo livre, por vezes até o lusco-fusco não me deixar ver mais nada, a cavar e limpar o meu pedaço de mundo. Ali, enquanto ia sonhando arrancava cada erva daninha, grama a grama até não restar nem uma pequena raiz. Mexia e remexia a terra e a sensação nas minhas mãos tinha o sabor da liberdade e da conquista... Era o meu pequeno mundo de sonhos! E como Peixes gosta de sonhar!
Ficou um bonito jardim, com uma forma ligeiramente para o triangular. Aproveitei o tanque de cimento (onde eu e a minha irmã apreendemos a nadar!), para servir de abrigo às minhas flores e fonte de rega. E lá está ele, por trás dos meus malmequeres, escondido, mas presente!


Os malmequeres vieram mais tarde, não muito mais tarde, mas numa época em que o amor já era mais do que um sonho...O meu príncipe que não veio num cavalo branco, mas num raio de luz num outro jardim. Não admira que a minha estação do ano preferida seja a primavera! Também foi num final de primavera que fui atingida pela seta do Cupido...


Gosto de cores, de multicores, de roupas coloridas, de estampados floridos, do arco-íris... Não suporto a vida a preto e branco, embora tenha peças de roupa preta. Dão-me um ar distinto e misterioso, acho eu!
Gosto de flores, de todas as flores, mas os malmequeres e as rosas são as minhas eleitas. Eu sei que são o oposto, umas singelas mas lindas de tão simples e as outras a sofisticação em forma de flor.


Vénus é o planeta das flores e dos jardins e do gosto pessoal de cada um de nós (Saturno está mais ligado ao amanho da terra que depois Vénus enche de cor e beleza). Uns são de gosto mais arrojado e avant-garde como é o caso de uma Vénus em Aquário, outros mais sóbrio e discreto quando se encontra em Capricórnio, outros com a exuberância de Leão e por aí fora... Caracterizar uma flor de Vénus em Balança, a rosa é claro! Elegante, sofisticada, bela mas suave.
E o malmequer na sua brancura selvagem? Qual a vossa opinião? (Eu ainda não consegui encontrar um signo para ele...)
Com a minha Vénus em Touro talvez combinem ambos, juntos...