25 setembro 2009

Coisas de um Mercúrio trapalhão!



Depois de uma ausência forçada aqui estou eu de novo, desta vez para falar das trapalhadas de Mercúrio retrógrado...
O mau serviço da net/tv levou-me a trocar de servidor e se estava mal pior ficou! Se antes lá ia fazendo alguma coisa entre perdas de sinal, depois fiquei mesmo sem nada! Quer dizer, fiquei só com o serviço de tv, porque me venderam algo que não tinham...e só hoje consegui que viessem repor o que eu tinha antes.

Já estava com saudades de entrar no meu cantinho e de vos ver a todos!

Por curiosidade abri o mapa para o momento em que o técnico veio trocar os cabos das servidoras. E só podia! Lá estava Mercúrio retrógrado (nem me tinha dado conta disso) isto já sem contar um regente do ascendente combusto, precisamente pelo regente da casa das perdas, a VIII. Pois, porque além de quase duas semanas sem internet nem telefone, ainda me apareceu a contar para pagar como se nada tivesse acontecido...E as vezes que fui lá à loja reclamar! E os telefonemas que o meu marido fez! Parecia que falávamos para as paredes... Bláblá...pedidos de desculpas e de explicações sem nexo. E-Mail’s de reclamações para o chefe... E nada!

Mercúrio em Balança até que não está mal, está em triplicidade, mas este é um signo de muita conversa e pouca acção. E foi isso que aconteceu! Foram precisos 12 dias para fazerem a troca de uns fios. Que coisa tão simples e ao mesmo tempo tão difícil de concretizar!

Mercúrio, planeta de todas as formas de comunicação, das trocas e dos negócios.
Um planeta em movimento retrógrado (claro que se trata de um fenómeno aparente e é a nossa visão a partir da Terra), astrológicamente tem o seu desempenho comprometido. Pode significar retrocessos, cancelamentos ou atrasos. Já viram como é tratando-se de Mercúrio! Não há internet que resista! Que péssimo momento para negociar uma mudança de operadora de comunicações. Nem parece meu, uma aspirante a astróloga!
É como diz o provérbio: “Em casa de ferreiro espeto de pau.” Vê-se para os outros e para nós nem um mapazito...nem uma vista de olhos pelas efemérides.

Só lá para o dia 29 é que ele volta ao seu movimento directo. Até lá é ir tendo atenção aos detalhes e ler as letras miudinhas...

07 setembro 2009

Selos!

Eu sei que já devia ter atribuído os selos que a Tereza e a Izabel me deram com tanto carinho, mas para ser sincera, tenho andado apenas a “planar” por aqui (coisa de quem tem ascendente Peixes!), o que não é justo e faz-me sentir pouco merecedora dos mesmos. Portanto, mãos à obra que este Blog anda parado demais... :)

Não é fácil escolher uma lista de blog’s, por isso pensei em postar os selos para quem os quisesse levar, o que seria bem mais fácil para o meu universalista ascendente Peixes, que não gosta de deixar ninguém de fora e é demasiado sentimental e sempre preocupado em não ferir ou melindrar quem quer que seja. No entanto, os chatos do Saturno no Ascendente e Marte em Virgem em oposição, não permitiram tal coisa e aqui estou eu a seguir as regras :))

Por ordem de selos recebidos:



Selo com “cheirinho” a Primavera, a minha estação do ano preferida.


Néctar : “Substância aquosa e doce que serve de alimento...”
É sempre bom saber que quem nos lê considera os nossos escritos ricos de conteúdo (com néctar), por isso foi com grande satisfação que recebi este presente de alguém como a Tereza, cujo Blog ( Viajantes Alados ) demonstra imensa sabedoria e sensibilidade.

Atribuo-o aos seguintes Blogs:


Casa Claridade – Hazel

Diálogos Astrais – Adelaide Figueiredo

Cantinho das Ervas - Miguel

Flor de Lis – Lis

Lua - Andy



Selo com características Solares. O Ouro é um dos minerais regidos pelo Sol.

Metal nobre, símbolo de pureza, valor, realeza, ostentação, brilho, etc.

Fui presenteada com este bonito selo de cor dourada, por uma amiga que muito prezo, daqui da Blogosfera e de outras andanças virtuais, Izabel Viegas. Recebi-o do “Memórias de Vidas Passadas”, mas todos os seus Blog´s valem Ouro.


Atribuo-o aos seguintes Blog´s:

Canto de Contar Contos – Cris

Viajantes Alados - Tereza Ferraz

Cova do Urso – António Rosa

Sou uma Cyborg – Sun Medoly

Viajantes na Linha do Tempo – Izabel Viegas (fiquei com vontade de lho dar de volta)


1 beijo
e uma boa semana para todos